Campo Grande (MS), Sábado, 02 de Março de 2024

SONORA

Parceria com o Governo do Estado garante 384 cirurgias eletivas pela Gerência de Municipal de Saúde de Sonora

MS Saúde também garante a realização de 1,2 mil exames de imagem mais complexos

29/06/2023

16:25

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

Após assinatura de convênio com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio do Programa MS Saúde, realizado em maio, Sonora iniciou os agendamentos de exames de imagem e cirurgias eletivas que estavam no aguardo do Sistema de Regulação. De acordo com a gerente municipal de Saúde, Indianara Dantas, os procedimentos serão realizados no Hospital Rachid Saldanha Derzi e não está restrito a sonorenses, mas também pacientes encaminhados de cidades próximas.

“Esse programa vem para somar muito na região norte e principalmente em Sonora. Segundo ano que pactuamos na nossa gestão com a SES, dando oportunidade de oferecer aos nossos pacientes a resolução dos seus casos no próprio município. Esse ano temos a cirurgia ginecológica que vem para agregar ainda mais, atendendo as mulheres que aguardam desde 2022. Espero que seja  uma linda missão guiada por excelentes profissionais oferecendo mais qualidade de vida e saúde aos nossos pacientes”, destaca Indianara.

Ao todo, conforme a relação publicada no Diário Oficial do Estado, esse ano serão realizadas 384 cirurgias, 32 por mês. Os procedimentos ofertados são: colecistectomia, hernioplastia epigastrica, hernioplastia incisional, histerectomia por via vaginal, histerectomia com anexectomia uni e bilateral, histerectomia subtotal e total.

Já os exames totalizam 1,2 mil, que são: ultrassonografias do abdômen superior, total, aparelho urinário, articulação, bolsa escrotal, tireóide, prostata via abdominal e retal; além de eletrocardiograma, colonoscopia e esfagogastroduodenoscopia.

O prefeito de Sonora, Enelto Ramos da Silva, destaca que o município está sempre em busca de soluções para sanar a grande procura de exames e cirurgias. “Disponibilizamos veículos para transportar os pacientes, mas realizar os procedimentos em Sonora traz mais conforto para os pacientes e segurança. A parceria com a SES é importantíssima para conseguirmos zerar a fila do Sistema de Regulação”, pontuou Enelto.

Todos esses procedimentos já estão sendo realizados. Em Mato Grosso do Sul, a meta é atender a demanda reprimida de 15 mil cirurgias eletivas em diversas especialidades e 42,5 mil exames diagnósticos até o fim do ano. O MS Saúde foi um investimento de R$45 milhões de recursos próprios e R$7,9 milhões de recursos federais, o Governo do Estado vai levar consultas, exames e cirurgias à população dos 79 municípios. 


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Jornal do Estado MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: