Campo Grande (MS), Quarta-feira, 24 de Abril de 2024

SAÚDE

9 passos para receber canabinoides em casa

O consumo de produtos à base de cannabis cresceu consideravelmente no Brasil; aquisição exige conhecimento

29/02/2024

18:45

P+G

©DIVULGAÇÃO

Brasileiros consomem cada vez mais canabinoides e um estudo recente divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostrou que a importação de produtos à base de cannabis aumentou 93% no Brasil nos últimos 12 meses. Para ter acesso aos canabinoides é preciso uma autorização de importação emitida pela Anvisa, que vale por dois anos, desde que os pacientes (ou seus representantes legais) possuam necessidade médica comprovada e imprescindível do produto.

No Brasil, a empresa brasileira Anna Medicina Endocanabinoide surgiu para desburocratizar o acesso à cannabis medicinal no país, com um trabalho que passa por todo o processo relacionado a compra de produtos, além de oferecer um Centro de Acolhimento dedicado ao tema na Santa Casa de Misericórdia, em Curitiba (PR). A empresa é o primeiro e mais completo ecossistema de medicina endocanabinoide do país, oferecendo total acolhimento e acompanhamento aos pacientes e médicos parceiros.

“A importação de canabinoides requer comprovação da necessidade, mas com prescrição o acesso aos produtos é simples e prático.  Nossos produtos são importados e direcionados a pacientes com receita médica válida e autorização da Anvisa para compra”, destaca o doutor Alfonso Cardozo, sócio fundador da Anna. “Toda a jornada, tanto do tratamento como da aquisição do medicamento, é assistida por especialistas e consultores de forma acolhedora e humanizada. A Anna é uma facilitadora em cada etapa do processo de compra no Brasil, seguindo as normas da Anvisa previstas na RDC 660/2020”, diz.

Confira o passo a passo para ter acesso aos medicamentos à base de cannabis no Brasil:

1.            Agendamento

Marque uma consulta com um médico especialista.

2.            Receita

Após a consulta com um especialista, o paciente recebe o diagnóstico e uma prescrição.

3.            Documentação

Com a receita em mãos, é necessário apresentar o CPF, RG, comprovante de endereço, e-mail, telefone e foto legível para o processo de aquisição do medicamento. 

4.            Coleta

Após a coleta dos documentos, inicia-se o processo de importação do medicamento por meio de uma procuração assinada pelo paciente. 

5.            Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Os documentos arrecadados serão enviados para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

6.            Aprovação

Depois a aprovação da ANVISA, o prazo de entrega é de 15 a 20 dias úteis.

7.            Rastreio

O pedido pode ser acompanhado pelo número de rastreio do medicamento.

8.            Envio

O medicamento será enviado para a casa do paciente.

9.            Acompanhamento

Com o início do tratamento, o paciente precisa receber um acompanhamento médico, que poderá sanar dúvidas, fornecer apoio assistencial e ajustar tratamentos.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Jornal do Estado MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: