Campo Grande (MS), Terça-feira, 21 de Maio de 2024

ENTREVISTA

THOMAS JACOB - Francês fala da sua carreira musical e o que mais encantou ele no MS 

14/05/2024

10:00

ALESSANDRA PAIM

Há 08 anos que o francês Thomas Jacob está no Brasil. Ele trouxe a música francesa de músicos renomados da França para nosso país. Tocando também outros estilos musicais como jazz, blues, reggae, MPB, Bossa Nova e Samba em suas apresentações. Atualmente Thomas Jacob está no MS conquistando o público de Campo Grande com sua pegada a “La France” com um diverso repertório musical de grandes influências nacionais e internacionais. Seu sonho é conhecer todo o Brasil e suas preciosidades levando sua música, tocando o coração das pessoas. Thomas está se apresentando nos locais da Capital como bares, restaurantes e também em aniversários, casamentos e outros eventos. Suas autorais foram escritas apenas para expressar suas particularidades, sua intimidade com o seu eu. Sem pretensão de gravar, por enquanto. Para quem quiser conhecer seu trabalho e contratar para festas particulares, basta acessar o Instagram do músico e também acompanhar onde Thomas Jacob vai tocar na cidade. A agenda musical sempre atualizada toda semana. Obrigada pela entrevista concedida Thomas Jacob, desejo sucesso na sua carreira musical!

Segue a entrevista na íntegra

Expressando com Alessandra Paim - Quem é Thomas Jacob?

Thomas J. Um francês nascido na Britânia na França, uma região do Novo Oeste da França com uma cultura celta e hoje em dia é um artista voz e violão, viajante que atualmente está no MS.

Expressando com Alessandra Paim - Quanto tempo de carreira Musical?

Thomas J. eu já comecei muito cedo em 2017 me apresentava as ruas. Passei 02 anos viajando e fazendo arte de rua e alguns shows com amigos, mas não chamaria de começo de carreira. Após uma pausa na música, em 2021 comecei a trabalhar somente com a música, shows, em bares, restaurantes e algumas apresentações nas ruas.

Expressando com Alessandra Paim - Qual o estilo musical?

Thomas J. não posso dizer que tenho somente um estilo, tenho muitas influências, músicas francesas na minha infância. Escutei muito reggae e rap na minha adolescência, escutei Jazz, funk americano, rock psicodélico, experimental, Soul e muitos outros. E no Brasil escutei muito MPB, Bossa Nova e vários estilos brasileiros. E tudo isso fez quem eu sou, não escolhi um estilo particular e hoje em dia em Campo Grande trabalho principalmente com a música francesa internacional que é uma mistura de estilos mais pro lado do Jazz, Bossa e Blues e pop como Frank Sinatra. Faço também shows de MPB um pouco de forró, de samba, shows com rock, folk, blues e reggae.

Expressando com Alessandra Paim - shows e festivais

 Thomas J. eu sou viajante, um músico itinerante e onde eu chego vou tocando principalmente em restaurantes, em bares. Quando eu fico mais tempo na cidade aparecem eventos particulares.

Expressando com Alessandra Paim - Inspiração musical

Thomas J. tenho várias inspirações. Penso numa inspiração de infância, eu falaria de Jacques Brel da música “Ne me quittes pas” e muitas outras como Bob Marley, Caetano, Tom Jobim, Bossa. Foram minhas grandes inspirações. 

Expressando com Alessandra Paim - Qual a música mais pedida nos seus shows?

Thomas J. a música mais pedida é “La Vie En Rose” de Édith Piaf e também “Ne me quittes pas”.

Expressando com Alessandra Paim - Onde podemos ver o francês Thomas Jacob tocar aqui na Capital?

Thomas J. Para saber onde vou tocar basta acessar no meu Instagram @jacobthomasoficial. Minha agenda musical está atualizada toda semana no Instagram.

Expressando com Alessandra Paim - O que mais te encantou no nosso MS?

Thomas J. não conheci tudo ainda. Quero conhecer Bonito, Bodoquena e vários outros lugares. Posso dizer que amei as capivaras, amei os animais em geral, as araras, eu fico encantado.

Expressando com Alessandra Paim - Projetos Futuros

Thomas J. Atualmente em Campo Grande mostrando meu trabalho, meus projetos futuros voltar a viajar para outros Estados e continuar tocando melhorando a cada dia, oferecendo sempre um show cada vez melhor, de qualidade para o meu público.

Expressando com Alessandra Paim - Momento (s) marcante (s):

Thomas J. muitos momentos marcantes. O tipo de música que faço, muitas pessoas se emocionam nos meus shows. Tem um momento que me marcou muito, foi a primeira vez que minha mãe me viu cantar. Minha família não me viu cantar na França, eu comecei a cantar em outros países. E minha mãe viu eu cantar no restaurante e ela se emocionou e todos presentes aplaudiram meu show e foi algo muito marcante, ver minha mãe emocionada.

Expressando com Alessandra Paim - Contatos para shows

Thomas J. contatos para shows falar no meu Instagram @jacobthomasoficial e meu WhatsApp (84) 9914-3855.

Expressando com Alessandra Paim - O que você achou do nosso celeiro musical?

Thomas J. eu viajei muito conheci muitos países, vários na américa Latina e fui na África, também. O Brasil foi o país que me encantou e me convenceu a voltar e ficar. Tem tantas coisas pra falar do Brasil, cada Estado tem suas surpresas, suas culturas, tradições. Posso dizer que me apaixonei pelo Brasil, pelo povo, de como somos acolhidos. Esse clima maravilhoso, tem essas festas nas ruas, onde se misturam e acho lindo. Acho o Brasil e suas culturas extraordinário.

Expressando com Alessandra Paim - Um sonho

Thomas J. tenho duas respostas: Um lado sou um grande sonhador, se eu falasse com o coração tenho sonhos imensos que são impossíveis. A primeira resposta - eu sonhava com uma humanidade com mais respeito com o planeta, menos egoísta, mais razoável com o planeta pra tentar salvar a humanidade das catástrofes ecológicas que estão vindo e também uma humanidade mais pacífica. São coisas fora do meu alcance e até tive um projeto, comecei a escrever, mas não consegui chegar ao fim. Eu queria apresentar um espetáculo, um show tentando trazer música e a sensibilização ecológica, trazer informações para as pessoas em forma de música para que seja de um lado divertido e eu conseguir explicar para as crianças como nossos atos podem ter consequências. Infelizmente, não consegui dar andamento com o projeto, foi muito pesado pra mim. A segunda resposta - eu acho que estou vivendo meu sonho de uma certa maneira, meu sonho era viajar pelo mundo de uma maneira ecológica e vivendo os lugares onde vou não sendo apenas um turista europeu que viaja pelos lugares e sim sendo um viajante e além disso, trazendo música, sendo artista, emocionando pessoas no meu caminho e podendo viver a música. Pensando bem, eu acho algo extraordinário.

Expressando com Alessandra Paim - Autorais

 Thomas J. tenho algumas autorais de uma forma muito pessoal, íntima. Nunca tinha a intenção de publicar, sempre foram inspirações que colocava no papel, era algo que eu escrevia pra mim, coisas íntimas que precisava sair de mim. Já cantei uma ou duas autorais nos meus shows. Mas sem a pretensão de gravar.

Expressando com Alessandra Paim - Receptividade do público

Thomas j. toquei em muito tipos de lugares, sempre recebo elogios por onde toquei, nunca recebi algo negativo. Recebi coisas lindas, pessoas emocionadas, em geral aqui em Campo Grande, foi uma linda recepção que tive.

MENSAGEM

“Obrigado ao Brasil, aos brasileiros por ser um país tão lindo e acolhedor, por tudo que trouxe na minha vida, sou muito grato. Se eu puder falar uma mensagem de amor, se a gente quiser guardar esse país, manter a beleza do nosso mundo, pensar no meio ambiente, as consequências dos nossos atos e há coisas que podemos fazer para proteger o nosso meio ambiente. Faz-se necessário repensar. Tem que ter uma conscientização para isso. E peço para apoiar os artistas locais, os artistas em geral, os músicos que se apresentam nas ruas, em qualquer lugar. Muito obrigado Brasil por ter me acolhido,” Thomas Jacob.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Jornal do Estado MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: