Campo Grande (MS), Terça-feira, 21 de Maio de 2024

TURISMO

Vinícola em Aquidauana quer colocar a região do Pantanal no mapa do enoturismo

Empreendimento Terroir Pantanal oferece aos visitantes experiências conectadas à culinária local, trazendo referências da região pantaneira

17/04/2023

16:10

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

A região do Pantanal sempre foi conhecida pela sua natureza exuberante, no entanto, a produção de vinhos de alta qualidade não era uma tradição na área. Isso vem mudando com a visão empreendedora do empresário Gilmar França, que se inspirou em suas viagens por vinícolas renomadas pelo mundo para criar um projeto inovador em Mato Grosso do Sul: o Terroir Pantanal. O empreendimento, localizado em Aquidauana, celebra a paixão pelo vinho, coloca a região no mapa do enoturismo brasileiro e, em breve, a proposta é de ter uma produção local da bebida.

Durante uma viagem à Toscana, o empreendedor se encantou com a cultura do vinho e o impacto desse tipo de projeto na região onde é desenvolvido. “Fiquei uma temporada ali, visitando pequenas vinícolas e me encantei com a ideia da cultura do vinho e a dedicação que as pessoas colocam nesse tipo de projeto e o desenvolvimento que isso provoca nessas regiões”, detalhou. Gilmar continuou pesquisando e viajando em busca de soluções para vinificação, visando desenvolver algo semelhante em sua região.

Após estudar e se aprofundar em técnicas inovadoras de cultivo de uvas em áreas não tradicionais, Gilmar França descobriu a técnica de manejo de dupla poda durante uma viagem a Bordeaux, na França. Ele também encontrou o local ideal para a vinícola Terroir Pantanal, entre a Serra Santa Bárbara e o Morro do Chapéu, no Distrito de Camisão, em Aquidauana.

Desafios e Oportunidades

Com a ajuda de uma consultoria especializada, Gilmar desenvolveu um projeto de produção de vinhos de alta qualidade e enoturismo. Diferente de outras vinícolas, que normalmente começam com a produção de vinhos, o Terroir Pantanal decidiu apostar no turismo desde o início. Além disso, a iniciativa tem um forte compromisso com a sustentabilidade e o desenvolvimento da região, utilizando técnicas que respeitam o meio ambiente e valorizam a cultura local.

“Eu quis já começar dessa forma, apresentando ideias alternativas de vinícolas brasileiras e, principalmente, produtos da nossa culinária local, trazer para as experiências do Pantanal, conectar isso com o vinho, criar uma referência de uma experiência de qualidade”, destacou Gilmar França.

Antes de oferecer a bebida para os visitantes, a empresa proporciona experiências, como piqueniques, almoços harmonizados com vinhos brasileiros e passeios para conhecer os vinhedos e trilhas na região. O objetivo é fazer com que as pessoas se conectem com o local em que estão.

Gilmar França enfrentou grandes desafios para transformar o projeto em realidade. Um deles foi a falta de mão de obra qualificada para a vinicultura. “Esses desafios estão sendo superados com a capacitação das pessoas e com o envolvimento da comunidade local. O projeto tem essa característica de ser transformador e o Sebrae tem sido um parceiro fundamental nesse processo”, pontuou. Apesar disso, ele viu uma oportunidade de inovar na região e transformar a cultura local.

©DIVULGAÇÃODesde o ano passado, o Terroir Pantanal conta com o apoio do Sebrae/MS, por meio do programa Pró Pantanal, tendo passado por consultoria de estruturação das experiências, adequação do espaço físico às normas de higiene e manipulação, desenvolvimento de produtos, criação de site e identidade visual. Também participou da primeira edição da Rota Gastronômica Pantaneira com o chef Paulo Machado, quando elegeu um prato regional para compor o itinerário voltado à promoção da Gastronomia do Pantanal sul-mato-grossense.

“Negócios como o Terroir Pantanal levam o nome do estado de Mato Grosso do Sul e o bioma Pantanal para o mundo. É um empreendimento inovador e com visão de futuro. Quem imaginou que seria possível produzir vinho no Pantanal? E o empreendimento já surge com a integração da experiência turística que permite aos visitantes contemplar toda a riqueza ambiental, e ao mesmo tempo se aventurar pelo universo dos vinhos. O Sebrae se orgulha de fazer parte da história do Terroir Pantanal desde o início”, avalia a coordenadora do programa Pró Pantanal do Sebrae/MS, Isabella Montello.

Terroir Members

Para levar aos visitantes uma experiência com produtos de alta qualidade, Gilmar França investiu em uma parceria com produtores locais através do projeto Terroir Members. Nele, são selecionados produtores que tenham uma história que se conecte à da vinícola e que estejam preocupados com a qualidade e o desenvolvimento local. A partir disso, os produtos passam a integrar o cardápio e experiências disponibilizadas aos visitantes da Terroir Pantanal.

Entre os parceiros locais que fazem parte do Terroir Members, estão empresas como a Charcutaria Pantanal, que produz embutidos artesanais, a Chácara Bote Certo, que oferece produtos artesanais derivados do leite, a FaBee Pantanal, com produtos à base de mel, e a Genuino67, que produz uma variedade de alimentos artesanais, incluindo charcutaria, chutney, conservas, compotas, molhos, geleias e picles.

A busca por esses membros se dá através de identificação de produtores, produtos ou pessoas da região. “A gente sempre está buscando essas parcerias, buscando algo que a gente possa investir, que possa realmente fazer parte do nosso projeto. Seja ele através de um artesanato, seja uma artista local, seja um produtor, que seja uma geleia, um mel, um queijo, como tem ali”, afirma Gilmar.

Planos para o futuro

Gilmar Mendes destaca que a intenção é consolidar a vinícola como uma grande produtora de vinhos de alta qualidade e estar listado entre os melhores vinhos brasileiros. O empresário ressalta que a vinícola ainda não está produzindo e que o vinhedo leva de três a quatro anos para começar a produzir, dependendo da variedade da uva. “A nossa previsão é de produzir a nossa primeira safra no próximo ano, em julho do próximo ano. Como a nossa indústria de processamento só vai estar pronta em 2024, então, a nossa primeira produção vai ser no próximo ano”, completou.

Além disso, ele mencionou um empreendimento de hospedagem de alto padrão que será construído dentro da vinícola após a implantação da sede de vinificação da indústria. “As pessoas poderão se hospedar e ter uma experiência completa dentro de uma vinícola, acordando com uma vista incrível das serras no meio do vinhedo”, ressaltou.

Para o proprietário, a realização desses projetos trará benefícios não só para a vinícola, mas também para a comunidade local, criando oportunidades de emprego e desenvolvimento de pessoas em diversas áreas. “A área de hotelaria vai trazer oportunidades para as pessoas da área de turismo, assim como já desenvolvemos pessoas da área de agronomia e, em especial, mulheres que trabalham no vinhedo”, concluiu.

Sobre o Pró Pantanal

O Pró Pantanal – Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal é uma iniciativa do Sebrae para fomentar atividades econômicas nos eixos do turismo, da economia criativa e do agronegócio existentes no Pantanal.

O programa tem apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS), Instituto do Meio Ambiente de MS (Imasul) e Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc).

Para obter mais informações sobre o programa Pró Pantanal e suas ações, fale com o Sebrae pelo número 0800 570 0800.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Jornal do Estado MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: